Páginas

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Se as paredes falassem

Se as paredes falassem
diriam tanto de minha vida
das angustias das feridas
marcadas pelo tempo
vivenciariam o romantismo
que um dia pairou em meu coração
Se as paredes falassem sobre a paixão
que invadiu minha alma em um momento
oportuno e carente, onde as palavras
eram puros sentimentos ocultos
por motivo de força maior
Se as paredes falassem
me confortariam quando a solidão
me visitava e os pensamentos
eram obsessivos demais e aquela vontade
de estar bem próximo de você massacrava
meus sonhos mais profundos de saber
que nunca iriamos nos encontrar nesta vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário