Páginas

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Quando chega a velhice.


Quando sentimos a dor que alguém que amamos sente,
nos colocamos no lugar para ver a imensidão do problema.
A vida nos traz alegrias desde o ventre, até antes dele.
Nascemos, compartilhamos e vivemos o tempo da forma
que bem entendemos e queremos, mas a velhice chega e
não nos informa que poderíamos perder a visão por
exemplo ou os movimentos nos deixando totalmente
dependentes, assim é que muitos sentem. Se pudéssemos
fazer algo para  amenizarmos o sofrimento daqueles que
amamos, eu sei que  faríamos. Basta- nos ouvirmos o que
eles tem a dizer, como bom ouvintes que podemos ser. Dar
opiniões e conselhos, isto eles fizeram muito, mas agora eles
 querem carinho, consolo uma mão amiga. Eles querem
companhia cuidadores a toda hora e a todo dia para guia-los
nos seus últimos anos. O carinho da família, atenção redobrada,
uma velhice digna.

Nenhum comentário:

Postar um comentário