Páginas

terça-feira, 12 de julho de 2011

Há...


Há coisas que não tem explicação e nem tente
entender, será perda de tempo.
Há momentos que parecem não ter fim, não pense
pois é pura ilusão.
Há dias que as horas passam devagar
elas não passam, se arrastam.
Há amores verdadeiros que vão e voltam,
de graças por isto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário