segunda-feira, 8 de agosto de 2011

A calma que sinto hoje


A calma que sinto hoje, faz -me contemplar a natureza sem ao menos
estar nela. É algo mágico e bem vindo, tudo que nos traz alegria e faz
 reviver a fantasia de sermos o que desejamos.
A calma que sinto hoje, faz- me andar sozinha, sem me sentir sozinha
entre as árvores da floresta num sonho que é só meu. Dormir triste e
acordar alegre, sem euforias, sem ansiedades apenas calma.
A calma que sinto hoje, faz -me mais feliz, consciente do futuro, sem
compromissos e sem promessas, apenas vivendo os momentos, pois
sabemos que todos eles passam e viram lembranças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O dia e a noite

O dia e a noite nos remete a luz e a escuridão. Mergulhamos na escuridão da nossa alma, para trazer a tona a luz que ilumin...