segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Espero


Na inquietude do meu ser, espero.
Na serenidade de minha alma, espero.
Na delicadeza dos gestos, espero.
Na falta que me fazes, espero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O dia e a noite

O dia e a noite nos remete a luz e a escuridão. Mergulhamos na escuridão da nossa alma, para trazer a tona a luz que ilumin...