segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Não sei o que quero


As vezes nem eu mesmo sei o que quero, me perco nos caminhos
da vida, tentando me encontrar. Procuro meios de ser mais
independente de ter a mente mais aberta, permitindo o raciocínio
lógico. Outras vezes me revolto com o comportamento humano
ou melhor desumano, egoístas convictos. Entro em crise, mas logo
volto novamente a ser dona de mim mesmo, pois este não é o melhor
caminho para saber o que desejo realmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O dia e a noite

O dia e a noite nos remete a luz e a escuridão. Mergulhamos na escuridão da nossa alma, para trazer a tona a luz que ilumin...