Páginas

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Sinto-me num sonho bom

Sinto-me num sonho bom, onde a realidade 
não tem lugar. Me vejo criança a correr livre
e solta e vou de encontro ao nada deste tudo
que me envolve. Me desfaço do tempo sem
tempo de acordar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário