Páginas

sábado, 6 de agosto de 2011

Súplica de um pecador


Dai-me força, pois as minhas se esgotaram em frente a tantas
desilusões. Dai-me trégua mostra-me o caminho e me faça caminhar,
já que meu corpo encontra-se  cansado..
Dai-me luz meu eterno criador e faça deste pobre humilde homem
o seu representante de paz aqui na terra. Te prometo que não pensarei
nunca em guerra. Amarei o próximo como a mim mesmo, mas antes
peço-lhe perdão pelos meus atos impensados, pelo sangue derramado
pela falta da razão. Peço-lhe mais esta chance de ser  alguém que nunca
fui, mudando meus pensamentos e abrindo meu coração para ti senhor
e para todas as pessoas que de mim precisarem, seja no âmbito material
ou espiritual. Estarei sempre ao seu lado meu bom Deus, sendo seu
auxiliar nesta jornada enquanto estou aqui na terra. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário