Páginas

sábado, 29 de outubro de 2011

Da janela do meu quarto














Da janela do meu quarto posso ver a rua
as arvores floridas, os pássaros que cantam
numa linda melodia que somente os sensíveis
sabem decifrar.
Da janela do meu quarto posso ver o sol
tentando iluminar os cômodos das casas
aquecendo a vida das pessoas que já
haviam perdido o brilho.
Da janela do meu quarto eu contemplo
a imensidão do mundo ao olhar para o céu,
me lembrei de você.




Nenhum comentário:

Postar um comentário