domingo, 30 de outubro de 2011

É domingo



É domingo, onze horas da manhã e a carne
esta no forno, com o notebook sobre a mesa
da cozinha, ensaio algumas palavras, algumas
frases para expressar meus sentimentos e o
cotidiano, nos intervalos do preparativo para
o almoço. Faço da vida um enorme teatro onde
narro cada peça, cada dia vivido e sinto me
correspondida nos aplausos que recebo, na
força que vem do céu, isso é muito gratificante
para um artista, o artista de sua própria vida
e da vida de quem dele se aproxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O dia e a noite

O dia e a noite nos remete a luz e a escuridão. Mergulhamos na escuridão da nossa alma, para trazer a tona a luz que ilumin...