segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Ouço o silêncio da minha alma


Ouço o silêncio de minha alma na imensidão
do mundo. A vida passa, o tempo corre, assim
como as pessoas agem. As pessoas também
passam e nem se dão conta disso. Se desgastam
pelo simples fato de correr, acelerar.
Ouço o silêncio de minha alma e me assusto as
vezes, por que consigo ouvir a mim mesmo.
Pensando bem, isto é mais do que demais,
quantos almejam por esta oportunidade de ouvir
seu próprio coração, em meio a tantas atribulações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O dia e a noite

O dia e a noite nos remete a luz e a escuridão. Mergulhamos na escuridão da nossa alma, para trazer a tona a luz que ilumin...