quinta-feira, 24 de novembro de 2011

As vezes sou...


As vezes sou simples e bondosa,
outras menina travessa, sou o inverso
do que penso ser nas horas de aflição.
As vezes sou lua, outras sou o sol,
as vezes sou esponja e outras esfregão.
Sou um misto de verdade e mentira,
As vezes sou gripe e resfriado, sou
o bálsamo e a cura. Sou a ferida e a
cicatriz que me diz, sou o que quero
ser dependendo da situação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O dia e a noite

O dia e a noite nos remete a luz e a escuridão. Mergulhamos na escuridão da nossa alma, para trazer a tona a luz que ilumin...