segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Falar de amor

Quem não gosta de falar de amor?
Todos gostam, porque rende lindas
histórias, reais e virtuais.
Quem não gosta de sentir um afago
carinho desejado e almejado por
todos em uma hora que queremos 
colo, quando estamos carentes.
Almas transparentes quando o amor
se faz. Diferente de paixão, o amor
é delicado, paciente e não quer
ser arrebatado, apenas acariciado
pelas mãos do ser amado.
Assim nos entregamos de corpo e 
alma, como anjos nos sentimos nas
nuvens, doces momentos que serão 
fotografados pelas lentes da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O dia e a noite

O dia e a noite nos remete a luz e a escuridão. Mergulhamos na escuridão da nossa alma, para trazer a tona a luz que ilumin...