Páginas

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Ser submisso


Ser submisso é como estar em uma prisão.
É dizer amém a todo instante, sendo que
falamos somente no final da oração.
Ser submisso é como enxergar com os
olhos do outro e falar com lábios que
somente pronunciam o sim.
Ser submisso é omitir-se a favor de si
próprio e não ter amor próprio.
É falar sem pensar o que o outro quer
dizer.
Ser submisso é esquecer que se tem vida,
anular a sua individualidade. É ser incapaz
de dizer não, é sufocar seu próprio coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário