Páginas

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Ah, se as flores...


Ah, se as flores falassem, falariam do amor
que cultivei nesta estrada da vida e que
muitas lágrimas derramei e que muitos risos
expressei de muita alegria e felicidade por
tudo que perdi e conquistei.
Ah, se as flores ouvissem, teriam ouvido eu
dizer a você o quanto te amei e o quanto
esperei por uma decisão sua de me amar
também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário