Páginas

sábado, 3 de dezembro de 2011

Não abandonem seus velhos


Quantas e quantas vezes, quando criança acordei na noite, vitima
de um pesadelo e tive como protetor meu querido pai.
Assim eu repito muitas vezes, não abandone seu velhos, aqueles
que te deram a vida, aqueles que muitas vezes te curaram a ferida,
que nem cicatrizes deixaram ficar, por que o amor cura e todo este
amor que eles te dedicaram lhes devolvam em dobro, demonstrando
o quanto eles foram importantes em suas vidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário