Páginas

sábado, 21 de abril de 2012

Rede da praia















 É na rede da praia que me aconchego e sinto um
carinho, feito um abraço. Pela manhã avisto este céu
azul celeste,  fecho os olhos e sonho, pela noite as
estrelas enfeitam este mesmo céu que me fez sonhar de
dia. Há um certo desejo de balançar a rede, presenciar
o silêncio que me embriaga, fazendo-me relaxar, é como
estar num berço sendo embalada pela mãe vida, que me
leva a lugares alguns instantes sózinha. É um momento
único, um prazer indescritível, livre leve e solta.




Nenhum comentário:

Postar um comentário