Páginas

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Se eu pudésse


Se eu pudésse, abriria meus braços
feito asas de anjo  e nelas abrigaria
todas as pessoas do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário