Páginas

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Pouso forçado













 Fiz um pouso forçado no sofá esta tarde.
Sabe aquele sono insistente em que somos
obrigados a ceder. Apaguei instantaneamente
e já comecei a sonhar.
Creio que seja meu espirito querendo se
libertar, querendo alçar voos mais altos.
Acordei com a sensação de não querer voltar.
Porque? não sei, somente sei que dormi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário