sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Ambivalência de sentimentos






















Basta um momento para se amar e um segundo para se odiar.
São facas de dois gumes, dois lados da mesma moeda.
O amor e o ódio, não vivem separados.
Um equilibrio testado a cada dia, manipulado pelo tempo
e pelos sentimentos mau direcionados.
Um pulo no escuro, vendas nos olhos, cegueira.
Ambivalência de sentimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O dia e a noite

O dia e a noite nos remete a luz e a escuridão. Mergulhamos na escuridão da nossa alma, para trazer a tona a luz que ilumin...