Páginas

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Avesso da luz

 




















Avesso da luz, teu tempo se esgota na sensualidade do corpo, 
entendendo que é na alma que o amor brota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário