terça-feira, 4 de setembro de 2012

Meu eu













Descobri meu eu nas veredas dos meus pensamentos
e meditações, ouvi o silêncio e o senti em minhas mãos.
No pulsar das veias ouvi meu coração e por fim, quando
me dei conta estava dentro de mim, cheia de expressão,
cheia de perguntas. Foi nas respostas do meu mestre interior
que me encontrei mais leve do que nunca e assim despertei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O dia e a noite

O dia e a noite nos remete a luz e a escuridão. Mergulhamos na escuridão da nossa alma, para trazer a tona a luz que ilumin...