Páginas

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Ah, teu sorriso...







 














Ah, teu sorriso parece me que fala, ou fala exatamente o que
quero ouvir.
Entranha-se em minha alma como um sentimento bom que nos 

faz sonhar.
Brincas comigo tal qual criança sapeca, te entregas ao riso mais 

bonito.
Te afastas como quem diz, não quero partir, ergo meus braços, 

mas não te alcanço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário