sábado, 11 de maio de 2013

Amor de Mãe (Felicidades, aonde quer que estejas na eternidade.)


 











Uma mãe nunca abandonará um filho, por mais
que pareça cruel sempre haverá um motivo forte
para que isso aconteça.
O amor pode ser um desses motivos, assim como
aconteceu comigo, não no abandono, mas na
intenção de preservar este filho das necessidades
da vida e quem somos nós para julgarmos alguém
sem termos vivido na época em que fatos possam
ter acontecido.
Que Deus te proteja mãe e me proteja os meus
pensamentos de qualquer julgamento, que eu
queira ter. Ilumine nossos caminhos aonde quer
que estejamos.
Que assim Seja, assim é, e sempre será.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O dia e a noite

O dia e a noite nos remete a luz e a escuridão. Mergulhamos na escuridão da nossa alma, para trazer a tona a luz que ilumin...