domingo, 23 de junho de 2013

A procura de mim mesmo















No compasso tranquilo do dia eu espero, sem tempo
de me desesperar eu calo no silêncio que me toma por
amiga, a procura de mim mesmo eu sigo com fé.

Desfaço pensamentos negativos, avanço no entendimento
de que a vida não pode ser desperdiçada com coisas
mesquinhas e que tudo é muito mais que pensamentos.

A vida flui, as horas passam sem eu sentir, aqui a procura
do meu eu, sem pressa, ao tocar do meio dia eu desperto
novamente mais segura e contente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O dia e a noite

O dia e a noite nos remete a luz e a escuridão. Mergulhamos na escuridão da nossa alma, para trazer a tona a luz que ilumin...