Páginas

domingo, 23 de junho de 2013

Ofereço-te o meu amor.






















Ofereço-te meu amor nestes versos simples,
aonde a dor não tem passagem e somente
a felicidade fará morada até os últimos dias
da minha vida.

Recebo-te de braços abertos na acolhida
sincera do meu coração que clama sempre
a tua presença dizendo venha comigo e
seja a rainha dos meus sonhos.

E deste amor, prometo não desistir nunca
enquanto vida serei o teu protetor, o teu
amante a moda antiga, amada querida
venhas para meu recanto.


Nenhum comentário:

Postar um comentário