Páginas

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Te Amo Pai (Homenagem ao meu Pai Elpidio, falecido).






















Pai, foste luz no meu caminho, proteção 
constante nas horas aflitas de noites escuras
e o medo de criança. O apito que anunciava 
a proteção nas ruas do bairro e eu me sentia 
segura. Sei que aonde está a luz te encontrará,
porque Deus perdoa todos os seus filhos no 
arrependimento de seus atos. A aceitação de
tua nova condição te seja benéfica e eu Pai 
me alegrarei um dia na tua presença de um 
pai cuidadoso e que sempre quis a  minha 
presença, mesmo sendo uma filha adotiva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário