Páginas

sábado, 27 de julho de 2013

Eu ...namastê.

Eu tenho a obrigação de ser feliz e de me sentir bem, orando 
e vigiando as minhas próprias ações, sem ter 
que criticar alguém.
Eu tenho o dever de aprender a perdoar, mas que seja de coração, 
assim como  quero ser perdoado por Deus,
dentro do meu livre arbítrio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário