Páginas

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Mil pensamentos






















Daqui onde estou, posso ver o céu azul, as
arvores tortas sopradas pelo vento, em uma
rua do bairro do litoral.
Mil pensamentos assolam a minha mente,
fazendo-me lembrar do que não pode ser
lembrado, que precisa estar morto e enterrado,
como se nunca tivesse existido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário