Páginas

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Por amor














Decididamente, quero ser flor
e não espinhos.
Decididamente, quero ser paz...
o contrário da guerra.
Decididamente, quero ser amor
para dissipar o ódio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário